sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Há um minuto que separa o deitar no berço  e adormecer profundamente e o despertar para a eternidade. Vida de mãe... 

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Faltam 2 kg para o peso que tinham antes de engravidar. Pensei ir rapidamente para um ginásio assim que nascesse a filhota... até passar os dias a embala lá para adormecer... esqueçam não há melhor ginásio, trabalho pernas ( ando pra trás e para a frente, braços ( são 4,5kg para cima e pra baixo) e abdominais ando de um lado para o outro com o tronco! Vou ficar super fitttt! Ou não... :) 

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Há alturas da tua vida que a tua maior missão é por a tua filha no berço sem ela acordar :) 

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

A experiência tem sido incrível! Como é possível amar um ser assim. 
De facto a vida muda ou se muda... tenho alguém dependente de mim... uma  pessoa são uma hora e o pensamento é ela, a preocupação se está bem, se precisa de mim... que cena! 
Quinta faz 4 semanas... porra o tempo voa... quero aproveitar todos os segundos do crescimento Dela. 
 
É a melhor coisa da minha vida. 

domingo, 6 de agosto de 2017

Estás no meu colo e olhas para mim e  quero acreditar que me conheces, sentes o meu cheiro e sabes que sou a tua mae. Quero acreditar que me escolheste é que já me amas como eu te amo! Meu Deus como te amo! Um amor que aumenta cada segundo e que faz o meu coração rebentar e explodir de tão gigante que está. Apetece me sentir o teu cheiro e dar beijos para sempre, engolir te e proteger te dentro de mim para que nada de mal te aconteça. O meu Deus só de pensar que algo de mal te pode acontecer da me um nó na garganta e uma facada no peito. Tens um ar tão frágil... vou te proteger para sempre minha filha...quero te encher de amor todos os dias, todos mesmo... mudaste tudo ... mudaste a minha razão de viver e garanto te que desde o momento que te puseram no meu peito acabada de nascer passei a ser tua... sou toda tua minha filha... sou tua MÃE! 

sábado, 5 de agosto de 2017

Saldo muito positivo.

Gravidez: primeiro trimeste alguns enjoos. Sono muito pontual nada significativo. Evolução super tranquila tudo dentro da normalidade.
 2 trismestre foi o melhor de todos, a barriga a aparecer, os sintomas a desaparecer, ainda fazemos a nossa vida normalmente e não nos vemos nada limitadas. 

3 trismestre foi o mais difícil, mais cansaço, senti-me  mais limitada, há coisas que deixei de fazer. Depois as dores nas costas, a dor ciática que apareceu alguns dias. A última semana foi para esquecer. A ansiedade, o peso. Mas pouco inchaço, nada de estrias 13kg totais de peso. 
O que vale é que foi quando sentia mais a minha filha e ia compensado. 

Não posso dizer que amei estar grávida... estaria a mentir. Mas  É  sem dúvida uma experiência incrível, um sentimento que começa a crescer, o amor que nos invade pena é que com isso venha o mau estar característica mas agora que já passou voltaria a passar por tudo outra vez só para ter a minha filha nos braços. É um amor que não tem limites e compensa tudo.... até as primeiras noites em Branco! Ela é um anjinho quase não chora, come e dorme, só veio um pouco trocada dos dias e noites. 

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Parto sem dor

... tudo o que qualquer mulher sonha certo?

É possível confiem em mim! 

Chego ao hospital as 8:00 e começa a indução as 9:00

11:30 rebentam me as águas 
12:00 tenho um dedo de dilatação e a minha médica chama o anestesista e levo a epidural ( de tudo foi o que mais me custou, tenho a coluna torta e o médico vou se aflito pra por )

13:00 6 dedos de dilatação e zero de dor. 

Fui levando reforço assim que sentia alguma coisa.

17;45 começo a sentir vontade de fazer força 
 
18:09 nas a Clara.

Foi super calmo e tranquilo, o pai assistiu e não desmaiou ( sempre me disse que ia acontecer) mas estávamos estamos relaxados, sem sofrimento que lá ganhou coragem!!

Correu super bem! Adorei e tinha outro amanhã!